EIS A MARCA DE UMA NOVA ESPERANÇA!

EIS A MARCA DE UMA NOVA ESPERANÇA!
VIVA MARANHÃO!

terça-feira, 26 de maio de 2015

PRÉDIO DO IFMA DE PEDREIRAS COM 80% JÁ CONCLUÍDO


O Prefeito Municipal de Pedreiras, Totonho Chicote, recebeu nessa terça-feira (26), bem cedo, a visita do Diretor-geral do IFMA de Pedreiras, Professor Gedeon Silva Reis, que juntamente com os representantes da empresa que está construindo o prédio do Instituto Federal do Maranhão, fizeram uma vistoria ao local para constatar se realmente a obra está sendo executada a contento.

Acompanhados da chefe de segurança do trabalho, o prefeito Totonho Chicote, que estava acompanhado do vereador Antônio Serapião e os demais já citados, percorreram toda a obra e o que se viu foi uma grande satisfação do Gestor Municipal em ver uma obra que se não fosse a sua interferência como administrador ativo e preocupado com o crescimento da cidade, tudo isso não seria realidade.

Segundo o Professor Gedeon, até fevereiro de 2016 a obra será inaugurada. E, que os pedreirenses ainda não têm a consciência da importância desse empreendimento na cidade. "Daqui a cinco anos, todas essas dependências do IFMA estarão transformadas em casas, comércio, quitinetes, restaurantes etc," disse o Diretor.

O professor ainda disse que o IFMA já está instalado em Pedreiras, institucionalmente, aguardando apenas o prédio para se instalar definitivamente.

Joaquim Filho


domingo, 24 de maio de 2015

ALÉM PEDREIRAS, HÁ CANTOS E ENCANTOS COMO: "O ENCANTO DA PEDRA"

Plantação típica de arroz no vale do Mearim, em meio a vegetação da floresta de babaçu, na margem esquerda do Rio Mearim - Localidade Transwal
Pedreiras tem beleza, Trizidela do Vale recantos muito especiais. O Vale do Mearim tem muitas riquezas; patrimônio de valor inestimado que o nosso povo até desconhece. Na margem esquerda do Mearim, na altura do Transwal - lugarejo urbano, cercado de simplicidade, belos sítios chácaras, fazendas e inúmeras potencialidades naturais, que anda  em plena expansão. Seguindo em frente, rumo ao Lago da Onça, caminhando um pouquinho mais, encontramos a morada da cabeça da serpente encantada, cujo rabo encontra-se implantando debaixo da Matriz Gloriosa de São Benedito. A serpente encantada com seu corpo espichado, liga as duas cidades gêmeas siamesas, e comungam um mesmo drama, pois caso ela se mexa, pode levar ao fim, a Princesa do Mearim e toda sua redondeza.

Chico da TV, proprietário do Encanto
da Pedra
Enquanto a serpente não se move, vamos curtindo as belezas do local e ainda aproveitar para conhecer  a região e visitar amigos. Amigos que nem o ilustríssimo Chico da TV, atual secretário de Esporte de Trizidela do Vale e figura muito conhecida pelo seu grandioso trabalho na região. Chico da TV tem uma bela propriedade próximo a Pedra Grande, ao lado do Sítio Cabeça de Cuia, de propriedade do pedreirense Filemon Krause. Em uma visita inesperada, encontramos o trabalhador Chico da TV, sob a tutela de sua amada mãe Dona Amélia, metido no meio da mata, com sua roçadeira, todo paramentado e suado cuidando do seu valioso pedaço de chão: o "Encanto da Pedra" é uma chácara de sua propriedade, onde há criatórios de peixes e pequenos animais da roça, além de um plantio diversificado de frutas, legumes, hortaliças e cereais.

No local, em breve, Chico da TV pretende abrir um empreendimento para atendimento ao público, um verdadeiro refúgio de paz e tranquilidade, ainda oferecendo a saborosa gastronomia da terra, com peixe capturado na hora e preparado logo em seguida - o famoso peque e pague. Além de galinha, pato ou capote, tudo muito natural, com a jeito e o gostinho da roça.

VALORIZE O QUE É SEU POR NATUREZA. VALORIZE SUAS ORIGENS E SUA TERRA!

Pedra Grande, Pedreiras, MA - Bloco de Pedra que deu o nome a cidade de Pedreiras.
Abelha Italiana -  A Natureza viva e latente.
Fauna rica perto do Mearim
Criação de Peixe - potencial econômico: ecoturismo e agrário

Local perfeito para a prática de esporte: trilha, ciclismo, caminhada, rally, canoagem e esportes náuticos

Ministério Público lança projeto de prevenção às drogas em Lima Campos


O Ministério Público Estadual realizou no ultimo dia 20 de maio reunião na câmara dos vereadores de Lima Campos/Ma, termo judiciário da Comarca de Pedreiras para tratar do lançamento do projeto “Rede Social Contra as Drogas” que visa prevenir o uso de drogas por crianças e adolescentes. O referido projeto que visa a prevenção ao uso de drogas por crianças e adolescentes esta sendo executado pela 3ª Promotoria de Justiça de Pedreiras da Infancia e Juventude, que tem como titular a Promotora de Justiça Eveline Barros Malheiros. Estiveram presentes na reunião a promotora de Justiça Eveline Malheiros, e servidores da Promotoria de Pedreiras, vereadores de Lima Campos, secretários municipais de educação, Assistência Social, Cultura e Esporte e Lazer, Policia Militar, pastores evangélicos, representantes de pastorais, gestores e supervisores escolares da rede pública estadual e municipal e rede privada, além da representantes da sociedade civil.

Ficou definido que o lançamento oficial do projeto em Lima Campos e sua apresentação à sociedade ocorrerá no mês de Junho com palestras para alunos da rede pública estadual, municipal e privada de ensino.

A Promotora de Justiça Eveline Malheiros ressaltou que o projeto em questão teve inicio ano passado na cidade de Pedreiras, Sede da Comarca, e este ano resolveu expandir para os termos da comarca, iniciando por Lima Campos/MA e posteriormente será lançado em Trizidela do Vale/MA, tendo em vista o grande numero de adolescentes que estão se envolvendo com drogas tanto lícitas quanto ilícitas, o que na maioria dos casos resulta em violência e atos infracionais, afetando as famílias e o desenvolvimento escolar dos menores envolvidos.

Redação e foto: Marcus Krause
Promotoria de Justiça de Pedreiras

KAIENO CAVALCANTE: Esse rapaz tem estrela!


Quem não lembra quando o clube Estação Cidade foi inaugurado? Naquela época foi a grande sensação do momento, pois até então, não havia nada de extraordinário de tão relevância em um espaço de eventos na cidade de Pedreiras e nem em toda região do Mearim. Grandes shows ali foram realizados e, eu, entrei para a história desse clube ao apresentar do lado do meu concunhado Jose De Ribamar Santos Luiz - o Ribinha da FM - o show do Belchior.

Mas o tempo foi passando e, acredito eu, devido as diversidades de afazeres que o Klebinho Branco, empresário do Sistema Cidade de Comunicação tem com suas empresas, essa ideia de fazer grandes shows e eventos fora esfriando no ex-vereador. Bom, pode ser também a idade, a gente vai ficando velho e vai perdendo o pique para muitas coisas.

Aí, aparece na história um jovem produtor de grandes eventos, de uma visão espetacular chamado Kaieno Cavalcante, compra o Clube e dar ao mesmo uma nova roupagem e faz ser novamente um espaço de tradição para o lazer de nossa cidade.

Eu não fui à festa ontem de Aviões do Forró, não faz mais meu estilo, mas nada contra, respeito e admiro quem gosta e vai para se divertir. Saí à noite com minha esposa e passei em frente ao agora Global Clube e vi uma das coisas jamais vista nessa cidade, a capacidade desse jovem ter estrela em eventos, pois aquilo lá estava uma verdadeira muvuca (no bom sentido), sem contar da quantidade de pessoas que estavam trabalhando, vendendo seus produtos e fazendo a renda familiar aumentar no fim do mês.

Parabéns ao Klebinho Branco que vendeu o seu empreendimento a quem sabe realmente fazer a coisa acontecer; e, ao Kaieno Cavalcante, por trazer à cidade a alegria notívagas perdida pelos pedreirenses. 
_________________________________________________________________________________
Obs: Eu não conheço Kaieno, não tenho amizade e nem aproximação com o mesmo e nem ele me pagou para eu dizer o que penso a seu respeito.

Joaquim Filho

UM MINUTO DA SUA TENÇÃO, POR FAVOR!


“Irá chegar um novo dia, uma nova terra, um novo mar. E nesse dia os oprimidos numa só voz a liberdade irão cantar...”

VOCÊ VAI SE EMOCIONAR COM ESSA MATÉRIA...

Há dias que eu venho procurando um tempo para mostrar e falar de um interessante assunto para vocês, meus amados e queridíssimos irternautas.

Certo dia, à tarde, sol a pino, encontrei o meu amigo Raul Pacheco aqui perto de minha residência, descendo a ladeira da Avenida Otávio Passos, e, ele me chamou e disse-me que tinha um assunto muito interessante para eu jogar nas redes sociais, em especial, ao blog Pedras Verdes. Confesso-lhes que isso me deixou muito lisonjeado, e disse-lhe que ele poderia me contar do que se referia o assunto.

E, assim, Raul Pacheco deu-me os tópicos e quando começou a falar, eu me interessei bastante. E, agora vejo o quanto esse cidadão pedreirense tem visão de mundo, pois em uma atitude altruísta agora anda "besta" e encantado com um dos projetos mais lindos que ele já viu por essa nossa região mearinense.

ENTÃO, VAMOS VER DO QUE SE TRATA: Escola Família Agrícola de Capinzal

"A Escola Família Agrícola de Capinzal nasceu em 1997, fica situada a sete km da sede de Capinzal do Norte, fundada pelo pároco da época, o alemão Padre Firmino que hoje vive na Alemanha sendo o presidente da maior instituição de benefícios sociais da Igreja Católica no mundo, Miserior.

Com vinte anos de atuação na região, tem atendido diretamente praticamente 100 jovens ao ano, quase na sua totalidade da zona rural dos cinco municípios próximos de Capinzal.

A instituição nasceu para suprir só jovens da zona rural que não tinham onde estudar após concluir a 4ª série, e além disso, se continuava na cidade, logo se voltaria não mais para a relação de permanência no campo, senão, iniciava e dava continuidade ali o êxodo rural, em plena ascendência em todo o Brasil.

Ao longo dos últimos 15 anos a escola foi mantida com recursos do estrangeiro, sobretudo, alemão, sendo somente beneficiada com recursos federais do Brasil e logo depois do Estado do Maranhão em pouco tempo recente e em pequena quantidade.

Ainda vale ressaltar do apoio pontual das empresas ligadas à exploração do gás natural na região e prefeituras por meio de repasses para alimentação e parte de funcionários.

A escola que é mantida por meio da Associação da Escola Família, entidade sem fins lucrativos, com 12 diretores voluntários que a conduz e que tem buscado parcerias sem cessar nos últimos tempos com vista os recursos estrangeiros minarem e se deslocarem para a África, que é mais pobre que o Brasil, e claro, do Brasil ser a 7ª economia mundial e assim cuidar da educação de seus filhos, é o mínimo que se pode esperar.

Contudo, vale ainda notar que os alunos são cadastrados ou registrados no sendo brasileiro de estudantes do Ministérios da Educação, como municipais, neste último ano, e isso implica tais receberem recursos pela entidade que lhe representa, no caso a Associação da Escola. Para tanto, o município de Capinzal tem negado este direito até o presente momento, sendo que já há rumores que a Associação ora referida deve encaminhar o caso a promotoria pública. E olha que o prefeito local foi professor na escola e desde que assumiu se mostrou sempre amigo da escola.

A escola hoje funciona com 12 funcionários entre professores, vigia, cozinheira e técnicos de produção. Pagando mais de 5 mil reais de encargos (impostos) mensais e energia elétrica quase mil reais, onde com receitas vindas da produção em sua área de pimenta, suínos, aves, polpas de frutas, mudas de plantas diversas, entre outros, tem buscado se manter. Ainda, conta com o apoio dos pais que contribui com alimentos ou 90 reais mensais por cada filho que ali estuda, sendo este valor parte pequena no total investido na qualidade educacional ali já comprovada, sendo em média 400 reais o custo de um aluno por mês neste ano de 2014 que se passou.

Área muito visitada, a escola cristã, é alvo de muitos elogios para diversas pessoas e instituições que ali chegam, como faculdades, escolas públicas, empresas, igrejas, turistas, estrangeiros, etc. É um verdadeiro “Santuário da Educação”. Com uma área de 100 hectares, sendo 100 destas de preservação constituída em lei federal, com lago natural e um prédio avaliado em mais de dois milhões de reais e uma estrutura aconchegante, desde as salas de aula sendo cabanas em meio a mata, a escola é destaque no quesito educar para a vida, a titulo de exemplo, se tem os diversos jovens que por ali concluíram o ensino fundamental apenas e fazem história por onde passam ou estão, mesmo aqueles que atuam em outras áreas do mercado de trabalho que não o rural. Como políticos, professores, sindicalistas, ativistas sociais, técnicos de extensão rural, empresários, dentre outros. Um caso a parte é mesmo suas capacidades de galgar os primeiros lugares em vestibulares públicos e serem reconhecidos onde se apresentam pela expressividade de seu caráter e saber intelectual.

A escola estar disponível a visitas e apoio de quase toda sorte, claro desde que não ilegal, quem ver de perto percebe lá que funciona a democracia, a transparência e vida ali é construída de verdade via o saber, os descobri, o construir”, disse enfático um dos diretores sobre a escola."

Fonte: Raul Pachêco

sexta-feira, 22 de maio de 2015

VEM AÍ A MARCHA A BRASÍLIA EM DEFESA DOS MUNICÍPIOS


Quem vai? Acontecerá de 25 a 28 de maio de 2015. Milhares de prefeitos de todo o Brasil já estão se preparando em seus municípios para participarem da grande Marcha a Brasília em defesa dos municípios, organizada pela Confederação Nacional de Municípios - CNM, através do Pacto Federativo que tem como lema Esperança de vida aos Municípios.

Prefeitos de todo o Maranhão já estão arrumando as malas e, em suas comitivas, com certeza, levarão primeira-dama, vice-prefeito, vereadores, secretários e demais participantes que integram a sua equipe de governo municipal. Lembrando que os prefeitos dos municípios contribuintes estão isentos da taxa de inscrição. Já os prefeitos dos municípios não contribuintes pagarão uma taxa de inscrição de R$. 950,00. Vereador de município contribuinte pagará a taxa de inscrição de R$. 300,00; o de não município contribuinte R$. 750,00. Os demais participantes de municípios contribuintes pagarão R$ 300,00 e os de não contribuintes R$. 850,00.

A Marcha a Brasília alcança neste ano sua maioridade. São 18 anos de muitas lutas e conquistas para o municipalismo brasileiro. Até o dia 10 de julho, os Municípios receberão a primeira parte do 1% do FPM reivindicado na última edição.

Esta conquista apenas minimizará o efeito de tantos desafios vivenciados no cotidiano de nossos Municípios. A solução só virá quando as relações de desconcentração forem alteradas para uma descentralização efetiva com respeito à autonomia dos Entes.

A instalação em fevereiro/2015 da Comissão Especial do Pacto Federativo no Congresso Nacional reacendeu a esperança de vida para as nossas municipalidades e este é o tema da XVIII Marcha a Brasilia em defesa dos Municípios.

Prefeitos(as), vice-prefeitos(as), vereadores(as), assessores, secretários municipais e demais gestores estarão todos reunidos neste que é o maior evento munipalista do Brasil para discutir, junto às demais autoridades, saídas para a crise que agora também assola União e Estados.

Acesse www.marcha.cnm.or.br e faça já sua inscrição.

Joaquim Filho

terça-feira, 19 de maio de 2015

Coordenação do PNEM participa de seminário em Pedreiras


A equipe acompanhou o II Seminário Intermunicipal de Pedreiras, Lima Campos e Trizidela do Vale e realizou visitas a escolas

PEDREIRAS - Ocorreu na segunda-feira, 19, o II Seminário Intermunicipal de Pedreiras, Lima Campos e Trizidela do Vale. O seminário faz parte da segunda etapa da formação continuada do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio (PNEM) no Maranhão e foi realizado no Auditório do Colégio Frei Germano, no município de Pedreiras.

A mesa de solenidade do seminário contou com a presença da coordenadora geral do PNEM, Lindalva Maciel; o coordenador adjunto do PNEM na UFMA, Manoel Barros; a formadora do PNEM da Unidade Regional Pedreiras, Maria José Medeiros; a superintendente de educação básica do estado, Elioenai Moura Brasil; e a secretária municipal de educação de Trizidela do Vale, Márcia Cristina Lemos.

O Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio é um projeto federal de formação para professores e coordenadores pedagógicos do ensino médio, gerenciado pela UFMA e articulado pelo Estado com 700 escolas públicas estaduais envolvidas de 217 municípios maranhenses.

Segundo o coordenador adjunto do PNEM, Manoel Barros, o pacto vem promovendo uma mudança de hábitos. “É uma reforma na educação maranhense onde buscamos melhorar a performance do cidadão do ensino médio”, contou.

A Unidade Regional (URE) de Pedreiras tem iniciado efetivamente sua formação em outubro de 2014 e apresenta avanços que foram apresentados durante o II Seminário. A mudança de postura dos professores e o fortalecimento do diálogo entre docentes, discentes, coordenação pedagógica e gestão foram os principais destaques apresentados, assim como a interdisciplinaridade mais efetivas que os cadernos proporcionam.

A segunda etapa da formação continuada conta com os cadernos “Organização do Trabalho Pedagógico no Ensino Médio”, “Ciências Humanas”, “Ciências da Natureza”, “Linguagens” e “Matemática”, com 24 horas/aula.

A coordenadora geral da formação continuada do PNEM na UFMA, Lindalva Maciel, conta que a visita aos municípios é uma forma de agradecimento. “Estamos acompanhando as formações nas escolas acima de tudo para agradecer aos gestores escolares e estaduais, e aos cursistas e formadores, que juntos estão trabalhando pela qualidade educativa do ensino médio”, contou. 

Os coordenadores e formadores também visitaram os centros de ensino Newton Bello, Oscar Galvão e Olindina Nunes Freire, que possuem o pacto como forma de ensino.

A formadora regional de Pedreiras, Maria José Medeiros afirma que está havendo uma mudança de concepção para os professores no que diz respeito à escola pública. “Os professores estão tendo uma visão bem mais reflexiva e ampla que precisamos mudar a realidade da educação no Maranhão, oferecendo uma educação de qualidade para nossos alunos, através de profissionais éticos que estejam preparados para essa mudança”, contou.

O encerramento da segunda etapa de formação acontece no dia 30 de junho, com o Seminário Estadual do Pacto, que acontece na Universidade Federal do Maranhão.

Saiba mais

O PNEM do Maranhão é o segundo maior do País, com 14 mil bolsistas e tem por objetivo a melhoria da qualidade da educação e a implantação das Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, documento que aponta o trabalho, a cultura, a ciência e a tecnologia como dimensões que devem estar contempladas nos currículos do ensino médio, que deverão integrar os conhecimentos das diferentes áreas que compõem o currículo. Em todo o estado do Maranhão, são 27 formadores responsáveis por 750 orientadores.

Fonte: Carina Andrade